Browsing category

Educação

Educação,

Notas Médias por Escolas do ENEM 2010

O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou a relação com o desempenho das instituições de ensino, públicas e privadas, sobre o Enem 2010. Foram considerados apenas os desempenhos dos alunos nas séries concluintes do Ensino Médio. Neste ano os resultados foram separados em categorias por percentual de participação considerando, o número de alunos matrículados na instituição e a quantidade de inscrições realizadas no exame. As faixas de divulgação dos resultados são em intervalos de 0% até 24,9%, 25% até 49,9%, 50% até 74,9% e de 75% até 100%.

O resultado pode ser visualizado diretamente no site do INEP no endereço “http://sistemasenem4.inep.gov.br/enemMediasEscola/“, onde pode ser visualizado o resultado cidade por cidade e selecionando uma das redes (publica ou privada). O portal G1 disponibilizou uma forma de analisar os dados considerando todas as cidades do estado e todas as redes de ensino, para acessar, clique aqui.

 

As provas do ENEM 2011 serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro, 5.366.780 pessoas se inscreveram em todo o país.

Educação,

DOU – Publicação N° 33 de 19/02/2010

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

Nº 33, sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Ministério da Educação

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

EDITAL DE 18 DE FEVEREIRO DE 2010

O Secretário de Educação a Distância, usando da competência que lhe foi outorgada pelos Decretos no- 5.622/2005 e no 5.773/2006, e considerando a eficácia e normatividade do Parecer CNE/CES No- 299/2009, homologado pelo Despacho do Senhor Ministro de Estado da Educação de 08/12/2009, publicado no DOU de 09/12/2009, Seção 1, torna público o resultado da análise e do julgamento das propostas apresentadas no âmbito do Edital no01/SEED/MEC, de 18/12/2009, publicado no DOU de 23/12/2009, Seção 3, conforme relatório elaborado pela Comissão Independente de Especialistas em Educação a Distância, instituída pela Portaria No- 11, de 8 de fevereiro de 2010, publicada no DOU de 10/02/2010, Seção 2.

1. As instituições privadas de ensino superior contempladas nos termos do Edital supramencionado estão listadas no ANEXO I desta publicação, respectivamente a cada endereço do local de oferta previsto.

2. O prazo para interposição de recurso administrativo será de 10 (dez) dias, contados a partir da data de publicação do resultado.

2.1. O recurso administrativo deverá ser protocolado na Secretaria de Educação a Distância, situada no Edifício Sede do Ministério da Educação, Brasília/DF, Esplanada dos Ministérios, Bloco L, 1º andar, sala 111, no horário de funcionamento de 9:00 às 18:00.

2.2. O resultado final, após análise de eventuais recursos, será publicado no DOU até 10 de março de 2010.

CARLOS EDUARDO BIELSCHOWSKY

ANEXO I

MUNICÍPIO UF ENDEREÇO CREDENCIADA

  • BALNEÁRIO CAMBORIÚ SC Rua 3618, Edifício Tio Duda, 20, Centro. 88330239 UNC
  • BLUMENAU SC Rua Timbó, 44, Victor Konder. 88010971 UNC
  • CAMPOS NOVOS SC Avenida JK, 1º e 2º andar, 584, São Sebastião. 89620000 UNC
  • CHAPECÓ SC Rua Servidão Vime, E 59, Centro. 89802133 UNC
  • FLORIANÓPOLIS SC Rua José Jaques, Em Frente ao Salão Vitória Franco, 32, 88020080 UNC
  • IPORÃ DO OESTE SC Rua José Scalabrin, CIEF, 172, Centro. 89893000 UNC
  • LAGES SC Rua Benjamin Constant Edifício Mussi – Sala 11 e 12, 12 88501110 UNC
  • LAGUNA SC Rua Tenente Bessa, 152, Centro. 88790000 UNC
  • SÃO FRANCISCO DO SUL SC Rua Fernandes Dias, 177, centro. 89204000 UNC
  • SÃO JOÃO BATISTA SC Rodovia SC 408, km 08, Via Scarpa, 205, Centro. 88240000 UNC
  • SÃO JOSÉ SC Rua Leoberto Leal 1º andar – Sala 102 – Em cima da Refr 88117000 UNC
  • TIJUCAS SC Rua Padre Pareese, s/no- , Escola de Ensino Fundamental W 88200000 UNC
Educação,

DOU – Portaria de 12 de fevereiro de 2010

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO – SEÇÃO 1
N° 31, quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Informações sobre o Censo da Educação Superior com registros sobre 2009, que acontece do dia 18/02/2010 até 05/04/2010.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA
PORTARIAS DE 12 DE FEVEREIRO DE 2010

O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRAINEP, no uso das atribuições conferidas pelo Art. 16, VI do Decreto
Nº – 6.317 de 20 de dezembro de 2007, resolve:

No- 44 – Art. 1º Ficam estabelecidas para as etapas e atividades do processo de realização do Censo da Educação Superior 2009, a ser realizado via Internet em todo o território nacional, as seguintes datas e respectivos responsáveis:

a) abertura do Sistema do Censo da Educação Superior na Internet para entrada de dados.
Data: 18/01/2010
Responsável: Diretoria de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais – DTDIE/INEP;

b) período de coleta de dados, por digitação nos formulários “on line” e por importação de dados pela Internet.
Data Inicial: 18/01/2010
Data Final: 05/04/2010
Responsáveis: Representante legal e Pesquisador Institucional (PI) da Instituição de Educação Superior

c) envio para as IES dos relatórios de verificação dos dados.
Data Inicial: 11/05/2010.
Data Final: 21/05/2010.
Responsável: Diretoria de Estatísticas Educacionais – DEED/INEP;

d) reabertura do Sistema do Censo da Educação Superior na Internet para a retificação e validação dos dados.
Data Inicial: 11/05/2010.
Data Final: 31/05/2010.
Responsável: Diretoria de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais – DTDIE/INEP;

e) período de conferência, retificação e validação dos dados pelas Instituições de Educação Superior.
Data Inicial: 11/05/2010.
Data Final: 31/05/2010.
Responsáveis: Representante legal e Pesquisador Institucional (PI) da Instituição de Educação Superior

f) divulgação dos dados consolidados do Censo da Educação Superior 2009.
Data: 06/08/2010.
Responsável: Diretoria de Estatísticas Educacionais – DEED/INEP

Art 2º. Ficam assegurados o sigilo e a proteção de dados pessoais apurados no Censo da Educação Superior, vedada a sua utilização para fins alheios aos previstos na legislação aplicável.
Art. 3º. O representante legal da Instituição de Educação Superior (IES) é responsável pela exatidão e fidedignidade das informações prestadas para o Censo da Educação Superior, no limite de suas atribuições institucionais.

§ 1º O Pesquisador Institucional (PI) é o representante oficial junto ao Inep indicado pelas Instituições de Educação Superior para o fornecimento das informações relativas ao Censo da Educação Superior 2009.

§ 2º O Pesquisador Institucional é responsável solidário pela exatidão e fidedignidade das informações prestadas.
Art. 4º Os casos omissos serão analisados e decididos pelo INEP.
Art. 5º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
No- 45 – Art. 1º Ficam estabelecidas, para as diversas etapas e atividades do processo de execução do Censo Escolar da Educação Básica de 2010, que será realizado via Internet em todo o território nacional, as seguintes datas e os respectivos responsáveis:

a) abertura do Sistema “Educacenso” na Internet para entrada de dados.
Data: 26/05/10
Responsável: Diretoria de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais – DTDIE/INEP;

b) período de coleta, digitação e exportação dos dados pela Internet, tendo como data de referência para as informações prestadas o dia 26 de maio de 2010, denominado Dia Nacional do Censo
Escolar da Educação Básica.
Data Inicial: 26/05/10
Data Final: 31/08/10
Responsáveis: Diretor, Responsável pela escola ou pelo Sistema Educacional Informatizado;

c) envio dos dados preliminares ao Ministério da Educação para publicação no Diário Oficial da União.
Data: 15/09/10
Responsável: DEED/INEP;

d) envio aos gestores municipais e estaduais de relatório por escola, apontando inconsistências nas informações prestadas.
Data: até, no máximo, 5 dias após a publicação preliminar dos resultados no Diário Oficial da União.
Responsável: DEED/INEP;

e) reabertura do Sistema “Educacenso” na Internet para conferência e correção de erros de informações.
Data Inicial: a partir da data da publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União.
Data Final: 30 dias após a publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União
Responsável: Diretoria de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais – DTDIE/INEP;

f) correção das inconsistências apontadas no relatório enviado pelo Inep, diretamente no sistema “Educacenso”, na Internet.
Data Inicial: a partir da data da publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União.
Data Final: 30 dias após a publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União.
Responsáveis: Estados, Distrito Federal, Municípios e escolas;

g) período para conferência e correção de erros de informações diretamente no sistema “Educacenso”, na Internet.
Data Inicial: a partir da data da publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União.
Data Final: 30 dias após a publicação dos resultados preliminares no Diário Oficial da União
Responsáveis: Diretor, Responsável pela escola ou pelo Sistema Educacional Informatizado;

h) verificação final dos dados processados após análise e correção de inconsistências no sistema “Educacenso”
Data : 35 dias a contar do prazo final para correções.
Responsável: DEED/INEP;

i) envio dos dados finais resultantes das correções e verificações do Censo Escolar da Educação Básica/2010 ao Ministério da Educação para publicação final no Diário Oficial da União.
Data: 26/11/2010
Responsável : DEED/INEP;

Art. 2º Ficará a cargo da Secretaria de Educação do Distrito Federal, assim como a cada Secretaria Estadual de Educação – em cooperação com os órgãos municipais de educação – o cumprimento do prazo estipulado na alínea “b” do art. 1º.

Art. 3º Os casos omissos serão analisados e decididos pelo INEP.
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

JOAQUIM JOSÉ SOARES NETO

Para baixar a Portaria INEP número 44, clique aqui.

Este documento pode ser verificado no endereço eletrônico http://www.in.gov.br/autenticidade.html , pelo código 00012010021700014

Educação,

ENEM 2009 – Como as Universidades Federais vão usar a nota

Veja abaixo a relação de Universidades Federais por região, e como cada uma ira utilizar a nota do ENEM:

Região Centro-Oeste 

Univesidade de Brasília Adotará o Enem no 1º vestibular de 2011 (modalidade a decidir)
Universidade Federal de Goiás Utilizará já em 2009 como parte da nota (40%) da 1ª fase de seleção e para vagas remanescentes
Universidade Federal do Mato Grosso Em 2009, utilizará a nota do Enem para seleção em fase única e para vagas remanescentes
Universidade Federal do Mato Grosso do Sul Em 2009, adotará o Enem como 1ª fase e para preencher vagas remanescentes. Em 2010, adotará como fase única
Universidade Federal de Grande Dourados Em 2009, adotará o Enem para preencher vagas remanescentes. A partir de 2011, utilizará o Enem como fase única para 50% das vagas

 

Região Sudeste

Universidade Federal do ABC Adotará Enem como fase única e para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal de São Carlos A partir de 2010, utilizará o Enem como parte da nota do processo seletivo (50%) e para vagas remanescentes
Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Todos os cursos adotarão o Enem ao menos como 1ª fase e para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri O Enem será usado como fase única já em 2009 para preencher 50% das vagas remanescentes e do processo seletivo. A outra metade será preenchida por meio do vestibular seriado (a 3ª etapa do vestibular seriado é a nota do Enem)
Universidade Federal de Uberlândia Adotará Enem como 1ª fase em 2010
Universidade Federal de Viçosa A partir de 2009, o Enem comporá 50% da nota final do vestibular e será adotado como critério para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal Fluminense A partir de 2010, o Enem será usado para compor parte da nota da 1ª fase. A nota do Enem também servirá como bônus de 10% a 15% para compor a nota da 2ª fase de alunos das redes públicas
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Adotará o Enem como fase única já em 2009 e para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal do Espírito Santo Aprovado uso do Enem em 1ª fase para 2009
Universidade Federal de Alfenas Adotará o Enem como fase única e para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal do Triângulo Mineiro Utilizará o Enem como parte da nota (50%) da prova de conhecimentos gerais e para o preenchimento de vagas remanescentes
Universidade Federal de Itajubá Adotará o Enem fase única para 4 cursos do campus de Itajubá e para todos os cursos do campus de Itabira. Para os demais cursos do campus de Itajubá, o Enem será usado como primeira fase
Universidade Federal de Juiz de Fora A 1ª fase é obrigatória para todos os candidatos. No ato da inscrição, poderão autorizar que a universidade use a nota do Enem caso seja maior do que a nota da 1ª fase. Utilizará o Enem para vagas remanescentes
Universidade Federal de Lavras O Enem será utilizado como fase única. Também manterá o processo seriado de ingresso em que a nota do Enem compõe a 3ª fase, além de utilizar o exame para vagas remanescentes
Universidade Federal de Minas Gerais Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para o vestibular de 2011.
Universidade Federal de Ouro Preto A partir de 2009 utilizará o Enem como primeira fase do vestibular. A segunda fase será realizada por meio de processo seletivo próprio.
Universidade Federal de São João Del Rei De 10% a 25 % das vagas (percentual em discussão) serão preenchidas pelo Enem como fase única. Os alunos poderão usar a nota para a 1ª fase do processo seletivo. O exame será usado para preencher vagas remanescentes
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Adotará o Enem como fase única e para preencher vagas remanescente já em 2009
Universidade Federal do Rio de Janeiro Adotará o Enem como 1ª fase

 

 Região Sul

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Enem representará 10ª nota, com peso 1, no vestibular. Candidato deverá indicar se quiser que a nota do Enem seja usada 
Universidade Federal do Rio Grande Adotará o Enem como parte da nota (50%) e para vagas remanescentes
Universidade Federal de Pelotas Adotará o Enem em fase única e para vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal de Santa Catarina Utilizará o Enem como parte da nota (20%) e para preencher vagas remanescentes. O aluno poderá optar por utilizar ou não a nota do no processo seletivo.
Universidade Federal do Paraná A nota final do vestibular será composta de 90% da nota do vestibular e 10% da nota da prova objetiva do Enem
Universidade Federal de Santa Maria  Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para os próximos vestibulares.
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Adotará o Enem em fase única e discute adotar para vagas remanescentes
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre Adotará o Enem em fase única e para preencher vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal do Pampa Adotará o Enem em fase única a partir de 2010 e discute adotar para vagas remanescentes

 

 Região Nordeste

Universidade Federal do Vale do São Francisco Adotará o Enem em fase única e para vagas remanescentes a partir de 2009. 50% das vagas serão reservadas para estudantes de escolas públicas
Universidade Federal da Bahia Adotará fase única para os 4 cursos de bacharelado interdisciplinar e o curso superior de tecnologia
Universidade Federal do Maranhão Adotará o Enem em fase única e para vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal de Sergipe Utilização do Enem para preenchimento de vagas remanescentes
Universidade Federal do Piauí Adotará fase única para 50 % das vagas de todos os cursos e para preencher vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal de Pernambuco Adotará o Enem para 1ª fase. Está em discussão o preenchimento de vagas remanescentes
Universidade Federal Rural de Pernambuco Adotará o Enem em fase única e vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal do Ceará Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para os próximos vestibulares.
Universidade Federal da Paraíba Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para os próximos vestibulares.
Universidade Federal Rural do Semi-Árido Adotará o Enem em fase única e para preencher vagas remanescentes a partir de 2009
Universidade Federal do Rio Grande do Norte Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para os próximos vestibulares.
Universidade Federal de Alagoas A partir de 2009 utilizará o Novo Enem para preenchimento das vagas remanescentes. A partir de 2011 utilizará como fase única em seu processo seletivo
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Uso do Enem como fase única para 70% das vagas ofertadas e como parte da nota para 30% das vagas. Também será utilizado para preencher vagas remanescentes.
Universidade Federal de Campina Grande Utilizará o Enem para ocupar as vagas remanescentes

 

Região Norte

Universidade Federal da Amazônia A nota do Enem será usada como fase única para preencher 50% das vagas do processo seletivo. As outras 50% serão preenchidas por meio de avaliação seriada. O Enem também será usado para vagas remanescentes
Universidade Federal Rural da Amazônia Não utilizará o Enem nos processos seletivos de 2009 e 2010
Universidade Federal do Acre Utilizará o Enem a partir de 2009 para o preenchimento de vagas remanescentes
Universidade Federal de Roraima Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para o vestibular de 2011.
Universidade Federal de Rondônia Usará o Enem em 2009 como fase única para 10% das vagas
Universidade Federal do Tocantins A partir de 2009, usará o Enem como fase única para 25% das vagas de todos os cursos. As demais vagas serão preenchidas pelo processo seletivo próprio da universidade
Universidade Federal do Pará Não utilizará o Enem no vestibular 2010. A universidade estuda a adoção da nota para o vestibular de 2011.
Universidade Federal do Amapá Não utilizará o Enem no processo seletivo de 2009

 

Universidades novas (Projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional)
Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) Adotará o Enem em fase única. A operacionalização do processo está em fase de discussão
Universidade Federal da Integração Amazônica (Uniam) Adotará o Enem em fase única
Universidade Luso Afro-Brasileira (Unilab) Adotará o Enem em fase única. A operacionalização do processo está em discussão
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) Adotará o Enem em fase única. Aluno de escola pública terá bônus

Fonte: G1 – SP