Captação de alunos: como alcançar o resultado desejado

estudantes entrando na instituição via captação de alunos

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

A captação de alunos é um conjunto de ações e estratégias desenvolvidas pela instituição de ensino para atrair e transformar pessoas interessadas na escola/faculdade, em alunos matriculados. Essas ações que fazem parte do processo de captação, podem mudar de acordo com o tipo de ensino promovido pela instituição. Mas, indiferente do segmento, é fundamental que seja algo planejado e alinhado com a expectativa dos gestores. Só assim será possível alcançar os resultados desejados.

Tudo o que você precisa saber sobre a captação de alunos, desde o planejamento até a execução, será esclarecido neste post. Vamos lá?!

 

Faça o planejamento prévio da campanha de divulgação

Reúna sua equipe para uma conversa, alinhe uma estratégia com os gestores, observe o comportamento dos seus potenciais alunos. As atividades prévias da campanha de captação de alunos são algo fundamental para todas as instituições, para que quando chegar o momento de executar, nenhum processo fique de fora.

 

Tenha um site atrativo para seus visitantes

A busca pela instituição ideal, sem dúvidas começa pela internet. Já diz aquele velho ditado “a primeira impressão é a que fica“. Então, é de extrema importância que a sua instituição tenha um site alinhado com a expectativa do usuário. Além disso, a simplificação dos processos também contará pontos no momento da adesão. Indiferente do segmento, algumas informações são bem relevantes na hora da construção. Confira:

  1. Lembre-se: a página inicial do seu site é o cartão de visita para o seu cliente, ele quem determinará se o usuário continuará navegando no seu site. Ou seja, é a melhor oportunidade para você apresentar um breve resumo dos pontos que julga fundamentais para o bom funcionamento da escola/faculdade.
  2. Ainda em relação a home, indique quais são os cursos oferecidos pela instituição, as cidades e os polos de atuação. Deixe os números em evidência que são relevantes na hora da decisão final. Por exemplo: se você é uma instituição que promove o ensino médio, mostre para quem está navegando pelo site quantos alunos foram aprovados nos vestibulares mais concorridos. Destaque o projeto pedagógico da sua escola e os valores da sua instituição de ensino. No ensino superior, divulgue a nota do MEC ou até mesmo do ENADE. São ótimas alternativas de atrair o seu potencial aluno.
  3. Divulgue as principais informações dos cursos que são oferecidos na escola/faculdade. Faça em poucas palavras o objetivo do curso, qual a aplicação dele no mercado de trabalho e como pode contribuir para o projeto de vida do estudante. Deixe claro qual a grade curricular de cada curso, se ele é ofertado na modalidade presencial ou EAD.
  4. Permita que seu site seja responsivo, ou seja, que ele se adapte a diferentes telas. Tenha em mente, que nem sempre o visitante irá acessar por um computador.

 

Aumente ainda mais a experiência tecnológica do seu futuro aluno

Você sabia que é possível melhorar ainda mais a experiência do usuário, e que isso pode aumentar significativamente a captação de novos alunos!?

Pois é, para o ensino superior é possível incluir a opção de uma prova objetiva, ou até mesmo, de realização de uma redação, tudo através do ambiente digital. Isso permite que o candidato aprovado, inicie o processo de matrícula logo após a divulgação do resultado. Existe ainda, a possibilidade do seu potencial aluno registrar somente a intenção de vaga. Isso é fundamental, pois as vezes ele está em processo de decisão e a sua instituição precisa saber disso e coletar essa informação.

Já no ensino fundamental e médio, quem efetua o registro de interesse de matrícula é o responsável pelo aluno, e isso dispensa a necessidade de solicitar uma prova. O que pode ser feito é promover uma experiência de tour pela instituição. Utilize a tecnologia de realidade aumentada, para trazer ainda mais realidade ao “passeio”. É um a forma de trazer o aluno e responsável para dentro da escola, sem precisar ir até o local.

Mas em ambos os casos é importantíssimo que seja estabelecida a régua de relacionamento com seu usuário. Pense comigo, desde o início você precisa estabelecer um bom relacionamento com seu futuro estudante. Faça um planejamento e tenha um cronograma do que será enviado para cada pessoa, e em que momento será feito este contato. Seja por intermédio de um e-mail, ligação, mensagem no WhatsApp ou com um SMS – se faça presente e lembrado.

 

Esteja presente nas redes sociais

Assim como o site, muitos consideram os perfis nas redes um cartão de visita. Ter ali depoimentos de alunos e ex-alunos, contando como foi viver um momento tão marcante na determinada instituição, pode ser interessante.

Promova campanhas de divulgações. Lembra da régua de relacionamento que falei ali em cima? Pois é, aqui é mais uma forma de usa-la no relacionamento com os usuários. Principalmente os jovens, eles passam mais tempo navegando nas redes sociais e será mais fácil de encontrar a sua instituição de ensino, caso você se faça presente.

Se você seguir todas essas dicas, e utilizar um software de gestão escolar que ajude no processo de captação de alunos, sem dúvida, sua instituição irá alcançar os resultados esperados com maior facilidade.

 

Não aposte apenas em um canal de entrada

O seu potencial aluno precisa ter essa autonomia nos processos. Essas ações transformam a experiência do usuário, pois a tendência para os próximos anos é que cada vez menos as pessoas precisem se deslocar até um determinado local, e executem mais os processos de formas digitais.

Pensando nisso, centralizar apenas em um local limita o usuário. Permita a intenção de vaga por meio de redes sociais, no site da instituição. Encontre os melhores canais para seus usuários, entenda quais as necessidades deles, e por onde eles se engajam melhor com a instituição!

 

O inbound marketing pode ser uma ótima forma de relacionamento

Sua instituição ainda não conhece o inbound marketing? Ou conhece e ainda não utiliza? Pois é o momento de rever sobre isso. Uma das tendências entre as instituições de ensino para os próximos anos. Em um breve resumo: o inbound marketing é uma estratégia para afiliar os seus potenciais alunos através do engajamento por conteúdos.

Anteriormente foi citado a régua de relacionamento com os usuários, pois bem. Com a utilização do inbound você consegue estabelecer um relacionamento mais personalizado para o seu futuro aluno.

 

Por exemplo:

Um potencial aluno que passa pelo seu site e registra uma intenção de conhecer mais a instituição, o que você faz com essa informação? Depende, se a idade está ligada a um aluno do ensino fundamental, envie conteúdos sobre robótica, projeto de vida que gerem interesse do aluno pela instituição por estas vertentes. Agora, se o aluno está prestes a ingressar no terceiro ano de ensino médio, talvez faça mais sentido materiais sobre a preparação para o Enem e para o vestibular. Entenda o que o seu publico deseja, e gere as informações sobre isso.

 

As opções de trocas de e-mails são bem variadas, é importante alinhar isso com sua equipe. E claro, observar o público que você pretende atingir! Defina uma estratégia clara de captação de alunos, prepare seu site, suas redes sociais e a sua equipe para que todos estejam alinhados. Conte com a tecnologia para garantir que ninguém ficará sem retorno, e que os alunos tenham uma ótima experiência, não só na pré-matrícula, como também, quando se tornarem alunos da sua instituição.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Gostou? Receba conteúdos como este!

Newsletter quinzenal com conteúdos para simplificar o seu trabalho

Compartilhe:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Explore outros conteúdos